07 June 2009

Lualuz


Os meninos crescem
alcançam a lua
esquecem...

Ficam almas transparentes

nuas
atravessadas por antiga luz
(dos meninos)
que insiste em doer.
Saramar

5 comments:

Nydia Bonetti said...

É assim Saramar. Os meninos e meninas que fomos, sobrevivem dentro de nós, embora que esquecidos... E a antiga luz está lá.
beijos

Tina said...

Oi Saramar!

Eles e elas deveriam permanecer vivos dentro de nós - olhando a lua, tentando atingir, sonhando...

beijos querida, saudade.

Voodoo said...

Boa noite,

Um dia a Lua se vestiu de fantasias,
acordou pensando que ainda era noite
e se encontrou com o Sol,
a Lua não sabia existia um dia,
e a noite nunca mais voltou.
bjs

Anna Costa said...

Minha luz, embora o tempo passe ainda está aqui...
Será delírio meu?
Espero que não... se ela se apagar não sei o que vai ser de mim...
Lindos poemas!
Prazer, sou Anna!

Humberto Firmo said...

dor talvez seja saudades, mas meninos são feitos de luz e caminhos
que sempre atravessam pessoas.

bjs!