24 June 2007

PEDAÇO




Em suas mãos,
perdi o rumo
e refiz os laços.
Deixou-me, porém,
levando o mundo.
Não importa.
Nada posso tocar.
Sou boneca sem braços.
Saramar

Imagem: Nicoletta

3 comments:

Joana Dalila Santos said...

Nada disso

Anonymous said...

Bom dia,

Mil beijos.

Nomadez.

Esyath said...

Saramar,

o amor se infiltra com garras de aço limitando nossos movimentos e quando parte, leva consigo nossa capacidade de sonhar e de continuarmos a andar...
Rouba-nos nossas pernas e braços, ao passo que outrora, nos fez estradas imaginarmos que cruzaríamos...

Bjs (Des)conexos!;)