02 July 2007

MUDEZ


Tanto amor guardado
pronto para nascer
faltam palavras
para o descrever.
Tanta dor em guarda
pronta para doer
faltam palavras
para a conter.
Saramar

Imagem: Klimt

2 comments:

Kanoff said...

Modula o rouxinol violino alado
as notas musicais da serenata
trovas de oiro e de rosas carmim
na alvura doce do luar coalhado…
Cantam em coro cigarras à desgarrada...
Fura o ralo o fino ar...negro cetim...
na estridência fina de um flautim
pelo trombone do sapo acompanhada...
Das profundezas místicas da mata
cai de uma fonte um harpejar sem fim…
Murmura ao longe a negra ramaria…
Das pedrinhas do rio são arrancadas
notas líquidas verde desmaiadas…
Soa em surdina, o vento em correria…

Moita said...

Minhas palavras parece soarem como um silêncio ensurdecedor.
Com que silêncio poderei ser ouvido.