19 November 2009

DISTÂNCIAS


Tomo um barco
vou-me em sonhos
para o outro lado do mar.
Meus olhos,
braços
e o mar sem porto
de te encontrar.

Saramar

19 comments:

Sueli said...

Mas, no mar dos meus sonhos, mesmo que não haja porto, o encontro... Olá minha querida Saramar, que saudade! Beijo grande!

Tina said...

Oi Saramar!

Tenho saudade disso. (adoro tua verbalização de sentimentos)

Simples.(mas não é mais assim...)


beijos querida.

pescadora said...

que prazer encontrar um blog tão rio e completo, me atrevo a pegar emprestado essa imagem pra ilustrar meu poema no meu blog.beijos flor

Voodoo said...

Querida Sara,

Gosto aqui deste lugar,
o tempo parece passar
um pouco mais lento...

A felicidade, ou a sua
procura, quem a
encontrou???

Parece-me está aqui,
onde você a
escondeu???

A felicidade, sonhei,
era apenas um beijo,
o sonho de beijar.

bjs

Soul said...

Olá Saramar

Encotrei o teu blog por acaso mas adorei, parabéns.

Beijo

samnio said...

há-de encontrar um porto, seja no mar ou em qualquer outro lugar.

gostei muito do seu blog, com sinceridade.

http://palavrassemjeito.blogspot.com

Anonymous said...

Olá Saramar

Vim até aqui e achei teus curtos pemas pequenas pérolas. Gostei muito.

Um abraço
Edimo Ginot

Bina said...

adorei o teu blog...sou fã :)

*

Voodoo said...

Querida Sara,

Sonho e me perco nos
sonhos de teu olhar.
abs

Voodoo said...

Querida amiga,

O passado encontrá-se aqui, bem
debruçado sobre o futuro, quem
viveu consegue ver.
Somente quem viveu.
bjs

Fernando Martinez said...

muito lindo, parabéns

Úrsula Avner said...

Oi Saramar, estava navegando pelo google imagens quando me deparei com seu blog. Bonita e suave poesia... Gostei muito do seu estilo de escrita. Grande abraço.

Úrsla Avner

La Heredera said...

adorei o seu blog...
vc é uma verdadeira poetisa!!
bjuss

rouxinol de Bernardim said...

Cara Sara:

Aqui venho de novo visitar esta janela de sonho e de ironia com vista para o mundo...

Sempre a admirar esta sensibilidade pura e a imaculada postura que sempre demonstra...

Voodoo said...

Uau!!!

Faz tempo...

Voodoo said...

Oi,

Roubei teu retrato,
ou seja um retrato
teu,
guardo e mato saudades,
adoraria poder roubar,
por um momento sequer,
um sorriso teu.

ETERNYZANTE said...

MEIGO,SIMPLES...

LINDO!!!

Lucimar Justino said...

Olá, Saramar, que belo poema!!! Adorei! Um abraço!

Menino da Caixa de Sapato said...

Caraaalho velho, cês viajam, na moral!!!