23 May 2008

Bendito


Bendito seja o amor
única fome que de beijos se sacia
única sede que de lágrimas se farta
a enxergar o céu na lâmina que traça
o vermelho traço da saudade na pele
fria de solidão.

Bendito seja o amor
que nos retira do mundo
para dançar no ar, como flores soltas
perfumando o chão.
Saramar

Imagem: Raul Touzon

10 comments:

Cris Moreno said...

De todos os seus blogs é deste que gosto mais!

E fico muito triste quando ele fica parado tanto tempo.

Beijos.
Hoje estou feliz!

:)

Multiolhares said...

o amor é o mais sublime dos sentimentos
beijinhos

Tina said...

Oi Saramar!

Bendito seja. Bendito seja o amor assim. Suave, lindo.

beijo grande minha querida,

Mandalla art design said...

ESTOU ENCANTADO COM SUAS PALAVRAS!
GRANDE POETISA!
VOCÊ FALA DO AMOR COMO NINGUÉM!

VISITE MEU BLOG:

artemandala.blogspot.com

sucesso, paz e luz!

Leandro.

bernard n. shull said...

i did a little research after you told me about your "thing", and if you want a way to make more money using your your blog you can enter this site: link. bye.

Ana said...

Bendito seja o amor e as palavras belas que inspira.

Esyath said...

Saramar minha querida,

volte logo... a poetisar.
O amor é um bendito que justifica a vida e nos incita a realmente vivermos e sermos mais humanos...

Biejos (Des)conexos!

Natasha Kirchhoff said...

bendito seja!!

© Piedade Araújo Sol said...

bendito seja mesmo!

beij

nydia bonetti said...

Não conheço ninguém que fale mais bonito sobre o amor do que você, Saramar. Em todas as suas fases, com todas as suas faces, sempre cantado magnificamente.
Beijo!