06 May 2007

INSÔNIA


Uma vontade
Um livro.
E a saudade
acesa
sob o lençol.
A noite é maior
que meu sono e
amanheço
antes do sol.
Saramar

9 comments:

PELADUZ said...

O desejo é o que deixa nossos corpos acordados.
Matá-los, seria morrer...
Tê-los, é consumir-se em chamas.
Não lhe ter, é morrer todos os dias.

Esyath said...

Saramar,

desejar e não ter nos faz ficarmos acordados por mais que uma noite e um dia... As vezes por toda uma vida...

Bjs (Des)conexos!;)

diovvani mendonça said...

Eh, cara poeta, eu quase sempre, me levanto com o canto do galo. AbraçoDasGerais.

Dora said...

Um livro que "engana" a vontade e a saudade e deixa a gente quase "de bem" com a insônia...
Você tem tantos "espaços" aqui na blogosfera...que eu penso que você tem, dentro de si-mesma, um baú misterioso e rico guardado...cheio de poemas!!!!
Beijo você, achando-a um "fenômeno" da fertilidade criadora e literária...
Dora

Ana M said...

me conta, por favor, o nome do artista que pintou esta imagem?

O Sibarita said...

Saramar! Sua menina, sua poesia, tá demais, simples, bacana e gostosa de ler!

PARABÉNS!

Obrigado pela palavras e por ter ido ao nosso blogue, volte sempre... E ai? kkk

bjs

Deco said...

Ah Dona Poeta... Voce me leva longe! Bjo

A.S. said...

É a saudade acesa sob o lençol, que te descerra as pálpebras antes do amanhecer...


Um terno BeijO!

Paula Calixto said...

Que belo anto! Que lindas poesias!
Amei tudo isto aqui!!!

Beijos