25 September 2007

FIM


A dança termina,
travada tristemente
no tempo do mais
perfeito passo.
Travo na garganta,
treva novamente.
Saramar

3 comments:

Iu said...

Aqui chego e não sei por onde começar. Sei que ao teu blog cheguei e vou demorar a acabar.

madam_me said...

combinação perfeita: poesia e pintura.
parabéns.

www.apto205.zip.net

alessandra said...

depois, tudo é nada! lindo, delicioso...